Movimento Esquerda Socialista (MES/PSOL) MES MES: Movimento Esquerda Socialista

#PlínioResiste: Movimento Nós da Sul ocupa Secretaria de Habitação de São Paulo

No dia em que a morte de Plínio de Arruda Sampaio completa um ano, os moradores da ocupação que leva seu nome e do Movimento Nós da Sul, ocuparam a Secretaria de Habitação da cidade de São Paulo. Leia a nota do movimento:

O Movimento Nós da Sul ocupou hoje a secretaria de habitação de São Paulo para reivindicar que o poder público estabeleça negociações com o alegado proprietário do terreno da Ocupação Plínio de Arruda Sampaio no sentido de suspender o pedido de reintegração e sinalizar o interesse de compra das áreas e sua destinação para a construção de moradias populares. São mais de 400 famílias que consolidaram sua moradia em uma área há décadas abandonada no distrito do Grajaú.

A prefeitura de Fernando Haddad precisa tomar uma posição em relação a essas famílias e a função social destas grandes áreas abandonadas. O discurso da mudança da cidade não pode servir pra agradar a classe média enquanto o povo pobre da periferia sofre o peso da repressão e expulsão de suas casas. Se as reintegrações de posse continuarem acontecendo estará claro que as alterações no plano diretor e na lei de zoneamento que agora estão em curso serão letra morta e na prática a gestão do PT estará mais uma vez a serviço das elites.

Estamos na rua e continuaremos nossa luta!

Movimento Nós da Sul

Movimento - Crítica, teoria e ação

Apresentação

Apresentamos uma revista especial sobre os 50 anos do Maio de 1968 com o orgulho de herdar uma tradição. Assim como a Comuna de 1871, a Revolução Russa de 1917 e as lutas contra as ditaduras na América Latina, consideramo-nos parte deste excepcional movimento mundial de luta política, protagonizado por jovens e
trabalhadores de várias partes do mundo, como nas famosas barricadas de Paris. Consideramos suas lições e sua potência como atuais. Boa parte dos leitores da Revista Movimento participaram ativamente das Jornadas de Junho de 2013 em nosso país. Aos cinco anos deste acontecimento, queremos contribuir para o encontro e a síntese de tão distantes e ao mesmo tempo tão próximas gerações.

Solzinho