Movimento Esquerda Socialista (MES/PSOL) MES MES: Movimento Esquerda Socialista

EUA: Greve em refinarias atinge maior produtora de combustível do país

Trabalhadores sindicalizados interromperam as atividade em três refinarias norte-americanas neste fim de semana (21 2 22 de fevereiro), incluindo a maior produtora de combustível do país, ampliando a greve que já dura quase um mês.Após o término das mais recentes negociações na sexta-feira (20/02), os trabalhadores da Motiva Port Arthur Refinery, no Texas, a maior produtora do país, interromperam o trabalho logo depois da meia-noite. Eles foram seguidos um dia depois pelos funcionários das refinarias Motiva Convent, Motiva Norco e Shell Chemicals Norco. A Motiva Enterprises LLC é controlada também pela Shell e uma subsidiária da Saudi Aramco.
Mais de 6.500 membros do United Steelworkers estão agora em greve em 15 unidades petroquímicas, afirmou o sindicato, neste domingo, incluindo 12 refinarias que representam 19% da capacidade de refino dos EUA.

O principal ponto de discórdia é o pedido dos trabalhadores para que os proprietários das refinarias substituam trabalhadores de manutenção por membros do sindicato, de acordo com a Royal Dutch Shell, que está conduzindo a negociação para a indústria de energia.

O sindicato afirma que seus membros “são mais qualificados e melhor treinados para desempenhar as funções que são necessárias para manter o equipamento funcionando de forma segura”, disse Hoot Landry, representante do United Steelworkers.

Até agora, a greve teve pouco impacto sobre a produção, ou os preços da gasolina. As unidades mantiveram as operações, embora uma refinaria localizada na Califórnia, que tinha fechado parcialmente para manutenção quando a greve começou, continue fechada ainda.

No entanto, os preços do petróleo podem perder força, se outra grande refinaria for fechada devido às paralisações, afirmou o diretor global de análise de energia do Serviço de Informação de Preço do Petróleo, Tom Kloza. A perda da demanda das refinarias poderia significar “mais problemas para o mercado de petróleo”, acrescentou. O preço de referência para o petróleo bruto dos EUA caiu 50% desde junho, para menos de US$ 51 o barril, em grande parte devido ao aumento da produção de petróleo americana. Fonte: Dow Jones Newswires.

Fonte: Agência Estado SP/ O Dia
Fotografia: Washington Post
Data original ad publicação: 22/02/2015

Movimento - Crítica, teoria e ação

Apresentação

Publicamos a décima edição de nossa Revista Movimento. Dessa vez, celebramos os 80 anos de fundação da IV Internacional, comemorados em setembro de 2018, com uma seção especial. Há, também, artigos na seção internacional e de teoria. Fechamos esta edição quando a eleição brasileira se encerrava. Como não poderia deixar de ser, nesta décima edição de Movimento, apresentamos nossas primeiras análises sobre os resultados eleitorais. Sabemos que a vitória de Jair Bolsonaro trará graves ataques à classe trabalhadora e ao povo brasileiro. Estaremos com nosso povo, lutando em defesa das liberdades democráticas e de nossos direitos. Mais uma vez, esperamos que a revista seja uma ferramenta útil de construção e formação para nossos camaradas. Boa leitura!

Solzinho