Movimento Esquerda Socialista (MES/PSOL) MES MES: Movimento Esquerda Socialista

Dirigentes do PSOL em Goiás aderem ao MES

Desde a fundação estamos, em grupo, buscando somar no fortalecimento do PSOL. Não de forma simplória limitada a uma sigla ou partido, mas principalmente na consolidação de uma sociedade humanamente justa e fraterna, e portanto desenhada nos fundamentos socialistas (Marxistas). Na qual unifica o PSOL que nasce com este compromisso

Enquanto Sindicalistas e professor, atuamos nas categorias de base e temos buscado ampliar o diálogo militando nas lutas de classe. Nas eleições, disputamos na expectativa de cumprimos o papel de alternativa à classe trabalhadora. Internamente, no partido, buscamos sempre manter o espaço e diálogo com outros grupos e correntes que tenham este compromisso de ampliar o sonho de uma sociedade socialista, possível com a conscientização de classe e formação política.

Acordamos que a união de toda a militância do PSOL fortalece o espírito de luta objetivada, e entendemos que as divergências internas são por menores diante deste projeto. Portanto, estar em uma determinada corrente ou grupo significa escolher a forma, o método que aproxima cada militante do resultado final do projeto socialista.
Pela jovem história do partido, concluímos e decidimos assumir o compromisso de somar a luta, juntamente com os camaradas do MES. A aproximação com estes companheiros tem nos deixado à vontade para esclarecer, debater e projetar o Partido de forma participativa e contempladora em Goiás e no âmbito Nacional.
Assim, assinamos e publicamos internamente ao partido, nossa decisão e reafirmamos que assumimos uma forma de militar que não exclui ou separa. Mas, nos fortalece enquanto partido nas suas diversidades de alcançar a sociedade socialista e humana que aglomera toda militância psolista.

Assinam esta carta:

Professor Reinaldo Assis Pantaleão;
Washington Fraga – STIUEG
João Maria de Oliveira – STIUEG

Leia mais:

PSOL de Goiás tem nova Direção, com eletricitário na presidência e professor na secretaria-geral

Movimento - Crítica, teoria e ação

Apresentação

Publicamos a décima edição de nossa Revista Movimento. Dessa vez, celebramos os 80 anos de fundação da IV Internacional, comemorados em setembro de 2018, com uma seção especial. Há, também, artigos na seção internacional e de teoria. Fechamos esta edição quando a eleição brasileira se encerrava. Como não poderia deixar de ser, nesta décima edição de Movimento, apresentamos nossas primeiras análises sobre os resultados eleitorais. Sabemos que a vitória de Jair Bolsonaro trará graves ataques à classe trabalhadora e ao povo brasileiro. Estaremos com nosso povo, lutando em defesa das liberdades democráticas e de nossos direitos. Mais uma vez, esperamos que a revista seja uma ferramenta útil de construção e formação para nossos camaradas. Boa leitura!

Solzinho