Movimento Esquerda Socialista (MES/PSOL) MES MES: Movimento Esquerda Socialista

Congresso estadual do PSOL São Paulo consolida unidade da esquerda e o papel do MES na construção de um partido inserido nas lutas sociais

No dia 18 de outubro aconteceu o V Congresso Estadual do PSOL São Paulo. Marcado por intensos debates sobre os rumos e a necessidade de fortalecimento do PSOL como alternativa à esquerda no Estado, consolidou uma forte unidade entre os setores que compõem o Bloco de Esquerda para impulsionar uma política radicalmente democrática e combativa para o PSOL.

Com saudação inicial de Guilherme Boulos, do MTST, uma das principais resoluções do Congresso foi a participação ativa do PSOL na Frente Povo sem Medo, em conjunto com este e com os demais movimentos e partidos que estão construindo a frente como uma iniciativa política de unidade dos setores em luta no país contra a crise, os ataques aos trabalhadores e aos direitos sociais.

A militância do MES, que assinou tese conjunta com o Mandato do Deputado Estadual Carlos Giannazi, compareceu em peso, juntamente com os 49 delegados estaduais eleitos representando as mais diversas lutas impulsionadas pela corrente no estado: estudantes secundaristas, universitários e de cursinhos populares, militantes do movimento sindical e popular e lideranças do interior do Estado e da Grande São Paulo de dezenas de cidades contribuíram ativamente com o debate sobre os rumos do PSOL.

Os resultados consolidam o Movimento Esquerda Socialista como a segunda maior força do partido em São Paulo, elegendo 9 delegados ao Congresso Nacional do PSOL que acontecerá em dezembro e conquistando a segunda cadeira na Executiva Nacional do Partido. Seguiremos crescendo e lutando em unidade com todos aqueles que defendem um partido amplo, democrático e conectado com as lutas.

Resultados:

  • Unidade Socialista: 208 votos/ 35 delegados nacionais
  • Rosa Zumbi: 11 votos/ 2 delegados nacionais
  • Bloco de Esquerda: 141 votos/ 24 delegados nacionais
  • MES: 49 votos/ 9 delegados nacionais

Movimento - Crítica, teoria e ação

Apresentação

Publicamos a décima edição de nossa Revista Movimento. Dessa vez, celebramos os 80 anos de fundação da IV Internacional, comemorados em setembro de 2018, com uma seção especial. Há, também, artigos na seção internacional e de teoria. Fechamos esta edição quando a eleição brasileira se encerrava. Como não poderia deixar de ser, nesta décima edição de Movimento, apresentamos nossas primeiras análises sobre os resultados eleitorais. Sabemos que a vitória de Jair Bolsonaro trará graves ataques à classe trabalhadora e ao povo brasileiro. Estaremos com nosso povo, lutando em defesa das liberdades democráticas e de nossos direitos. Mais uma vez, esperamos que a revista seja uma ferramenta útil de construção e formação para nossos camaradas. Boa leitura!

Solzinho