Movimento Esquerda Socialista (MES/PSOL) MES MES: Movimento Esquerda Socialista

Comunicado de Syriza ante o ultimato da UE, do FMI e dos credores

Comunicado da Executiva de Syriza

A partir do dia 25 de janeiro, o governo iniciou uma batalha sem precedentes para a defesa dos interesses do país e de seus cidadãos. Frente às pressões e à chantagem, o governo tratou de por em prática o mandato popular para terminar com a austeridade. Os credores, no entanto, impõem ultimatos que não têm nada que ver com o mandato do povo grego nem com uma Europa da democracia e da solidariedade.

Esta batalha dada pelo governo e pelo povo grego não pode se perder, muito ao contrário, esta vitória é imprescindível. Este próximo referendo será sobre a promoção da democracia na Grécia e na Europa. As pessoas devem tomar partido contra as demandas exorbitantes dos credores.

Instamos aos trabalhadores, jovens, pensionistas, agricultores e à classe média a rechaçar os ultimatos dos credores. Fazemos um chamado à população grega a dizer um NÃO rotundo ao autoritarismo da austeridade. NÃO à destruição do país e de sua gente. Esta luta não é só por nós, é uma luta pela dignidade e a democracia em toda Europa. Grécia lança uma mensagem pela unidade, pela soberania popular e pela democracia.

A secretaria política de SYRIZA/ órgão de imprensa

 

Tradução: Charles Rosa

Fonte: Fundação Lauro Campos

Movimento - Crítica, teoria e ação

Apresentação

Publicamos a décima edição de nossa Revista Movimento. Dessa vez, celebramos os 80 anos de fundação da IV Internacional, comemorados em setembro de 2018, com uma seção especial. Há, também, artigos na seção internacional e de teoria. Fechamos esta edição quando a eleição brasileira se encerrava. Como não poderia deixar de ser, nesta décima edição de Movimento, apresentamos nossas primeiras análises sobre os resultados eleitorais. Sabemos que a vitória de Jair Bolsonaro trará graves ataques à classe trabalhadora e ao povo brasileiro. Estaremos com nosso povo, lutando em defesa das liberdades democráticas e de nossos direitos. Mais uma vez, esperamos que a revista seja uma ferramenta útil de construção e formação para nossos camaradas. Boa leitura!

Solzinho